Liderança e Comunicação

5 Passos para aplicar preceitos cristãos no exercício da liderança

Você já se perguntou sobre como aplicar os preceitos cristãos no exercício da liderança?

Muitas vezes nos parece um pouco nebuloso esse processo de colocar em prática aquilo que acreditamos. Às vezes isso ocorre pelo simples fato de não pensarmos sobre isso.

Tem interesse no assunto? Então vem refletir conosco! 😉

Desde o começo da minha vida profissional eu me questionava muito sobre os caminhos que eu poderia trilhar para poder exercer meu cristianismo, mesmo que de forma imperfeita.

Confesso que não é um caminho fácil e eu entendo quando parece que as coisas não se encaixam.

Acredito que, independentemente da sua área de atuação profissional, um bom indício de que o ambiente é favorável para você exercer seu cristianismo é ele ser aberto ao comportamento empreendedor.

Nesse tipo de ambiente você pode ser um líder autêntico e levar Cristo com você. Falarei mais um pouco sobre isso nos próximos tópicos.

Para lhe ajudar na sua trajetória, eu listei 5 passos para aplicar os preceitos cristãos no exercício da liderança. Não são uma receita infalível, mas ajudam a clarear as ideias. 😉

1 – Conheça os preceitos cristãos

Este é um tópico básico, mas que muitas vezes não levamos em consideração.

Para você aplicar os preceitos cristãos em sua vida, é muito importante que você os conheça. Seja íntimo de Deus e procure aprender cada vez mais sobre as coisas que agradam a Ele.

A Lei de Deus existe para nos mostrar que somos pecadores e nos levar ao arrependimento. Depois que já vivemos uma vida em comunhão com Cristo a Lei não nos condena mais, mas serve como um guia para o nosso caminho.

Não use a palavra de Deus para julgar as pessoas, mas para parametrizar a sua vida.

2 – Entenda que é um caminho pessoal

Complementando o tópico anterior, entenda que você não pode obrigar ninguém a seguir os preceitos cristãos, nem Jesus fez isso.

Você pode procurar ser um exemplo para as pessoas, mas nunca cobrar que elas sigam o mesmo caminho que você.

Cada um percorre o seu próprio caminho de conhecimento e aprendizado. Cada um tem o seu tempo e Deus conhece o coração de cada pessoa.

Ser cristão e não julgar os outros tem a ver com o exercício da misericórdia.

3 – Ajuste a sua carreira

Este tópico é importantíssimo e tem a ver com o comecinho deste texto.

A aplicação dos preceitos cristãos no exercício da liderança não depende muito da profissão que escolhemos, mas sim de como a exercemos.

O que quero dizer com isso?

Acredito que na maioria das profissões temos a oportunidade de levar Cristo através do nosso trabalho, mas em alguns casos o ambiente de trabalho não será favorável a isso.

É importante reavaliarmos nossa trajetória profissional quando nos encontramos em ambientes prejudiciais onde comportamentos errados são incentivados. Você corre o risco de começar a achar normal as coisas erradas que são feitas.

4 – Analise as suas decisões periodicamente

Quando somos líderes, precisamos tomar muitas decisões. Às vezes estamos na correria do dia a dia e nem paramos para analisá-las.

Tire um tempo por semana para analisar as decisões tomadas e os objetivos traçados. Reflita se eles estão de acordo com os preceitos cristãos.

Reserve um tempo para essa análise.

5 – Testemunhe

E por último, testemunhe.

Se alguém lhe perguntar sobre como você toma as suas decisões, fale de Cristo.
Se alguém lhe perguntar sobre a sua liderança, fale sobre os preceitos cristãos.

Utilize as oportunidades para levar Cristo, mesmo que de forma silenciosa, com o seu exemplo. Você é um testemunho vivo.

________________

Espero que este texto tenha lhe ajudado a pensar um pouco sobre como aplicar os preceitos cristãos no exercício da liderança.

Todos os dias temos a oportunidade de levar a mensagem da salvação para as pessoas, também através do nosso trabalho.

Versículo da semana:

De que maneira poderá o jovem guardar puro o seu caminho? Observando-o segundo a tua palavra.

Salmo 119.9

Post Anterior Próximo Post

Você também poderá gostar

Sem comentários

Deixe seu comentário